Educação

Notícias na área de educação me levaram a lembrar de depoimentos, conferências e denuncias nestes 60 anos de minha vida, com uma coinsciência crítica e desperta no âmbito do Brasil e com preocupação, também individual, de caráter e emoções contidas por todos os seres em evolução e por minha netinha linda, presente do criador.

Fui alfabetizadora com orgulho. Classes especiais, professora de estudos de problemas brasileiros, professora de 1º. e 2º. Grau, professora de  didática a nível universitário, coordenadora pedagógica, orientadora educacional e diretora do Estado por mais de 40 anos. Este pequeno release pessoal é para atestar o tamanho da minha indignação, por experiência pessoal, com tantos governos e partidos diferentes.

Formação e informação, o caráter com o qual toda  sociedade, religião, família e escola deveriam estar dedicadamente preocupados em resolver. O Brasil está em 58º lugar em educação no mundo. Faltam cursos técnicos. Estudantes universitários sem saber escrever ou ler, sem entendimento da sua própria língua.

Em vários governos, falei e cheguei a colocar meus cargos à disposição. Diziam que eu me preocupava demais com as “criancinhas pobrinhas”, num sentido debochado. E agora? Pergunta a sociedade.  E o amanha? Perguntam todos. Sou contra o preconceito, mas a favor da reflexão sem emoção. Seriamente respondo: É assustador, tudo deveria ser revisto com verdade, justiça e lucidez. Reconhecer que erraram e mudar, renascer e recomeçar.

Eu não era utópica e nem sonhadora, eles é que foram irresponsáveis e não foram inteligentes o suficiente, pois suas vaidades e sede de poder os cegaram, mas seus filhos e netos, precisarão conviver com a sociedade mal preparada associada a uma degeneração genética e orgânica por bebida, drogas, má alimentação, estresse, falta de equilíbrio e depressão. Os neurônios não suportam e rompem seus circuitos no sistema nervoso. Os filhos destas pessoas em desequilíbrio, onde vão parar?

Não é jogando as sujeiras para baixo do tapete que se resolvem os problemas. Chegamos ao caos na educação. Fatores importantes como a genética, alimentação, sociedade, religião, família, comportamentos, limites e educação, que é o nosso foco, foram esquecidos. É, meus amigos, as pessoas só dão o que tem e fazem no outro o seu reflexo. Acordem! Estão destruindo tudo, profissional da educação e seres humanos em formação! A terra é um planeta, um átomo azul e todos estamos nele agindo e interagindo. A engrenagem é para todos, por isso, o caos impera no mundo.

Aline

Anúncios

5 pensamentos sobre “Educação

  1. Aline, comungo de sua indignação. Como professora com tantos anos de experiência tenho assistido o fracasso da educação em todos os níveis. Então cabe perguntar: o que nós educadores temos feito para reverter este quadro?
    O que precisa ser feito numa ação conjunta de políticas e formação de profissionais?
    Agradeço por suas palavras que nos fazem refletir e agir.

  2. Fabio Lacerda disse:

    Eu não sou pedagogo, mas tenho alguns familiares que o são. Percebo claramente nas palavras ditas o que se vê quando se sai de casa. Nem mesmo o nosso idioma os alunos sabem. E como passam de ano? Os muros pichados, o “profissional” que nem atender ao telefone sabe, a violência e pobreza estão aí para atestar tudo isso. Bons tempos aqueles em que a gente se levantava quando o professor entrava em sala de aula! 😉

  3. Atena disse:

    Aline:
    Assino embaixo de suas palavras.
    Sou muito interessada no assunto educação, pois na minha visão o maior mal mal da humanidade é a ignorância.
    Peço-lhe permissão para postar este texto no blog que tenho “Educar é preciso!, claro que com os devidos créditos.
    sds

    • Agradeço e fico feliz em saber que há grupos que buscam a verdade, pois só ela liberta. Retirando os Seres Humanos da imbriaguês das emoçoes, permitindo que no seu poder de decisão, chamado livre-arbitrio abram seu corpo mental, seu raciocínio, agindo com lucidez.
      Poderá colocar meu texto em seu blog e fazer dele um veículo para dispertar consciências.
      Parabéns por seu objetivo, pois como disse Gandhi: “Cada um de nós deverá fazer a sua parte”.
      Sds,
      Aline

  4. Não tenho formação pedagógica,nem mesmo um diploma superior…
    Não tive oportunidade de estudar muito,mas tenho filhas,que sempre estudaram em escolas públicas e me indigno cada dia que passa por tanto descaso,desrespeito,com que um professor é tratado!!!
    Estou com os professores,nessa luta,que tenho a certeza que vai dar certo no final.Não compactuo com alguns vândalos,que vão as ruas,para destruir,mas estou do lado do bem,que é a vitória desses heróis,muitas vezes anônimos,que nos ajudam na educação dos nossos filhos!!! Me orgulho de vcs.!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s